foto 5 foto 1 foto 2 foto 3 foto 4


A história de Sônia

TERRA E MAGIA surgiu devido à necessidade que o ser humano tem de fugir da rotina diária e maçante da Selva de Pedras em que a maioria vive. Eu senti essa necessidade, e porque não dizer desespero, quando era funcionária da Caixa Federal. Durante longos 18 anos fiz tudo igual, todos os dias, nas mesmas horas. Levava uma vida de robô, onde outros me diziam o que fazer e o que não fazer.

E quanto mais o tempo passava mais eu me perguntava: isso está certo? Quem sou eu? Porque não posso decidir por mim o que devo ou não viver? Para onde estou indo com esta vida robotizada? Chegou o dia em que dei um grito de CHEGA! Não quero mais, não posso mais continuar vivendo desta forma. Estou adoecendo.

Nesta época eu sofria de Psoríase, tinha problemas de coluna, insônia, enxaqueca, usava óculos, estava pelo menos 15 quilos acima do peso normal e vivia uma grande tristeza. Tudo o que tinha vontade era de chorar, de sumir.

Neste momento da minha vida senti uma força fora do normal, era algo muito forte dentro de mim que dizia: larga tudo, vai em busca dos teus sonhos. E então, lendo uma revista, a bordo de um avião, encontrei um pensamento que dizia o seguinte: "NUNCA LARGUE MÃO DE SEUS SONHOS, POIS SE ELES MORREM A VIDA SE TORNA COMO UM PÁSSARO DE ASAS QUEBRADAS QUE NÃO PODE VOAR".
E eu voei. Voei para dentro de meus sonhos. Larguei tudo na cidade. Pedi demissão da Caixa Federal, vendi uma boutique de confecções que tinha, pedi demissão da família, saí de uma casa em um condomínio de luxo e fui morar em um morro no meio do mato.Quando conto isso todos me perguntam foste sozinha?

-Não, fui comigo mesma e com Deus. Precisaria companhia melhor?

No primeiro momento morei em uma barraca.Comprei um revólver 38 e coloquei na cintura, e caminhava dia após dia para saber onde eram minhas divisas. Não foram poucas as vezes que me perguntei: O que estou fazendo? Será que enlouqueci mesmo como todos estão falando? O que vim buscar aqui?
Nesta época não havia estrada para chegar em casa, não tinha luz, nem banheiro. Eu iniciei abrindo uma picada no mato e carregando minhas compras em mochilas nas costas ou pedindo a ajuda dos vizinhos, que no início me olhavam com a cara mais assustada do mundo (hoje são todos grandes amigos e muitos trabalham comigo).

Banheiro? Levei três anos para construir. Usava o mato para fazer minhas necessidades e o banho era com um chuveiro de campanha, ou seja, uma lata grande cheia de furos onde colocava água aquecida dentro e a luz era vela e depois liquinho.
E aos poucos as respostas começaram a chegar, e eu comecei a me encontrar comigo mesma e entendi o que estava acontecendo, e a medida que eu me harmonizava com a natureza maravilhosa que eu tinha ao meu redor uma onda de paz e felicidade ia me absorvendo, e nesta energia toda as respostas começaram a vir, e as pessoas também.

Minha história começou a se espalhar e quando eu menos esperava chegava alguém me trazendo uma resposta. E eu entendi porque dizem que quando o discípulo está pronto o Mestre aparece.
Esta imensa felicidade que passei a sentir, tive vontade de transmitir ao maior número possível de pessoas, e por isso sempre digo o seguinte: TERRA E MAGIA era uma, que convidou mais um (a), que trouxe mais um (a) e hoje somos uma grande família.

Se você ainda não nos conhece aproveite esse convite e venha sentir na pele a energia vibrante que a Mãe Natureza tem para nos oferecer e fazer com que nos sintamos pessoas melhores e com isso possamos ajudar outros a entrarem nessa caminhada, que estou tendo a oportunidade de vivenciar e oferecer a todos aqueles que estejam almejando viver em paz e na Luz.

***

Sônia 

« voltar


(51) 9972-5371
terraemagia@terra.com.br

© Todos os direitos reservados by: Agência WebArt